Inhapi Informes - Portal de notícias de Inhapi, Sertão de Alagoas

MENU
Logo
Terça, 28 de setembro de 2021

Política

Presidente do TSE pede eleição livre e que não haja “volta ao passado"

Moraes também se manifestou e defendeu absoluto respeito à democracia

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Em publicação nas redes sociais neste 7 de setembro, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, pediu que sejam garantidas no país “eleições livres, limpas e seguras”. Barroso, que é ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), defendeu ainda que não haja “volta ao passado”.

Na publicação, o presidente do TSE destacou que é preciso haver espaço para todos no país: “Brancos, negros e indígenas. Civis e militares. Liberais, conservadores e progressistas”, escreveu.

Alexandre de Moraes

O ministro do STF Alexandre de Moraes também se manifestou nas redes sociais por ocasião do Dia da Independência. "Nesse Sete de Setembro, comemoramos nossa Independência, que garantiu nossa Liberdade e que somente se fortalece com absoluto respeito a Democracia", escreveu Moraes.

Manifestações

O feriado do Dia da Independência é marcado por atos contrários e favoráveis ao governo federal em várias cidades brasileiras.

Em Brasília, apoiadores do presidente Jair Bolsonaro reúnem-se na Esplanada dos Ministérios, enquanto opositores se concentram ao lado da Torre de TV.

Em São Paulo, grupos favoráveis ao presidente Jair Bolsonaro vão se concentrar na região da Avenida Paulista, entre a Praça do Ciclistas e a Avenida Brigadeiro Luís Antônio. O ato do Grito dos Excluídos e os movimentos que vão protestar contra o governo ficarão no Vale do Anhangabaú, no centro da cidade.

No Rio de Janeiro, a manifestação favorável ao governo ocorre em Copacabana. No centro da cidade, está marcada a concentração do Grito dos Excluídos.

Matéria ampliada às 11h52 para acréscimo do trecho sobre a publicação do ministro Alexandre de Moraes 
 

Fonte/Créditos: Agência Brasil

Créditos (Imagem de capa): Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

Comentários: