Inhapi Informes - Portal de notícias de Inhapi, Sertão de Alagoas

MENU
Logo
Quinta, 29 de julho de 2021

Cidades

Enfrentamento á pandemia mantém AL com a 2ª menor taxa de óbitos por COVID-19 do País

Na atualização desta terça (20),estado registrou taxa de 169,9,ficando atrás apenas do Maranhão, no número de mortes por grupo de 100 mil habitantes

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Alagoas segue como referência nacional no combate à pandemia. Prova disso são os dados divulgados diariamente pelo Ministério da Saúde, que mantêm o estado como o 2º do Brasil com a menor taxa de mortalidade por Covid-19 a cada 100 mil habitantes nos últimos meses. Alagoas registrava, na atualização desta terça-feira (20), taxa de 169,9, ficando atrás apenas do Maranhão, que apresentou 133,8 mortes pelo mesmo quantitativo da amostra.

Os investimentos e o Plano de Distanciamento Social Controlado estão sendo aliados importantes no enfrentamento em Alagoas, que deixa para trás um cenário com 186 leitos de UTI em toda a rede pública de saúde e assume o protagonismo na assistência ao alagoano com 400 leitos exclusivos para o tratamento da Covid-19, um crescimento representativo de mais de 100%.

Segundo o mais recente Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulgado nesta terça-feira (20), Alagoas tem um total de 226.411 casos confirmados do novo coronavírus em Alagoas, dos quais 1.796 estão em isolamento domiciliar. Até o momento, foram registrados 5.671 óbitos por Covid-19.

O Governo do Estado estruturou a Saúde e aplicou políticas efetivas de enfrentamento à pandemia, ampliando a rede de assistência, instalando estruturas provisórias de atendimento, como as Centrais de Triagem e o Hospital de Campanha, além da entrega de quatro grandes hospitais permanentes só no último ano, que se somam às Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) também construídas e mantidas pelo Governo.

Vacinas – Contribuindo para a redução dos números de ocupação hospitalar, que segue com 53% nos leitos de UTI, o avanço da vacinação, é, sem dúvida, um fator imprescindível para guerrear contra o novo coronavírus. Esta semana, em Alagoas, chegaram mais 135.870 doses, o que permite o avanço com a aplicação dos imunizantes para as pessoas acima de 35 anos e os bancários acima de 18 anos. 

Fonte/Créditos: Agência Alagoas

Créditos (Imagem de capa): Thiago Duarte

Comentários: