Inhapi Informes - Portal de notícias de Inhapi, Sertão de Alagoas

MENU
Logo
Terça, 28 de setembro de 2021

Polícia

Delegado descobre que idoso foi morto por conta de brincadeira com suspeito

Rodrigo Rocha Cavalcanti tem crime ocorrido neste sábado (11) como esclarecido e vai representar pela prisão do suspeito

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Está esclarecido o assassinato do idoso José Alves da Silva, mais conhecido como “Pinboba”, morto com um disparo de arma de fogo, na manhã deste sábado (11), em uma estrada vicinal no Sítio Boa Vista, em Mata Grande.
Mesmo de folga, o delegado regional Rodrigo Rocha Cavalcanti, responsável pela 28ª Delegacia de Polícia de Mata Grande (28ª-DP), seguiu sozinho até o povoado Morro Vermelho, onde a vítima residia, e ainda durante o velório realizou levantamentos a respeito do crime.
Durante os trabalhos de investigação, o delegado descobriu que o assassinato foi praticado por um homem que prestava serviço eventuais para o idoso. O suspeito, cujo nome não foi divulgado devido a Lei de Abuso de Autoridade, não gostava de brincadeiras feitas pela vítima, principalmente sobre um apelido que ele não gostava.
Ainda de acordo com o que foi levantado pelo delegado, o suspeito tido como “esquentado” seguiu para a cidade para ser vacinado contra a Covid-19, quando se deparou com o idoso que tinha ido para a feira livre. Os dois teriam se desentendido outra vez por conta de brincadeiras que o suspeito considerava de mau gosto.
Conforme a investigação, depois do desentendimento, o suspeito, que reside no mesmo povoado em que a vítima residia, se armou e em uma moto seguiu o desafeto no caminho de volta para casa. O idoso também estava conduzindo uma moto, quando foi alcançado pelo assassino.
Segundo o que foi apurado por Rodrigo Cavalcanti, o suspeito desligou a moto do idoso e o matou com um tiro de revólver no rosto, depois retornou para casa. “Durante o caminho, ele encontrou um irmão e confessou o crime para ele. Quando chegou em casa, ele também disse para a esposa o que tinha feito e que iria fugir”, contou o delegado.
O suspeito não foi localizado pelo delegado, que vai representar pela prisão preventiva dele pelo assassinato praticado por motivo torpe. “Ainda irei ouvir na semana que vem os familiares do idoso, mas para mim o caso já está esclarecido”, finalizou Rodrigo Cavalcanti.

Fonte/Créditos: Correio Notícia / Jota Silva

Créditos (Imagem de capa): Jota Silva

Comentários: