Inhapi Informes - Portal de notícias de Inhapi, Sertão de Alagoas

MENU
Logo
Sexta, 03 de dezembro de 2021

Saúde

Alagoas aplica dose de reforço da vacina contra a Covid-19 em todos os adultos

Mais de 330 mil pessoas já estão aptas para reforçar a imunização em novembro

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Com o avanço da vacinação contra a Covid-19 no Estado, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) estendeu a aplicação da dose de reforço para toda a população a partir dos 18 anos de idade. Segundo o Programa Nacional de Imunização (PNI) de Alagoas, 339.233 pessoas já estão aptas a receberem a dose de reforço ainda em novembro. Outra mudança na estratégia da campanha é a diminuição do tempo entre a segunda dose e a dose de reforço de seis para cinco meses. E para quem tem alto grau de imunocomprometimento, a dose adicional permanece com aplicação após 28 dias do fechamento do primeiro ciclo vacinal.

A dose de reforço será aplicada nos alagoanos adultos que foram vacinados com os imunizantes da AstraZeneca, CoronaVac e Pfizer. A vacina utilizada para a dose de reforço será a da Pfizer ou, de maneira alternativa, a Janssen ou AstraZeneca, independente do esquema vacinal primário. E para quem recebeu os imunizantes da Janssen, é necessário aguardar posicionamento oficial do Ministério da Saúde acerca da possibilidade de segunda dose.

O secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, pede para que a população tome as três doses da vacina e continue atenta ao uso de máscara e higienização das mãos. “Todos os adultos devem ficar atentos ao calendário de vacinação para a dose de reforço e também para a segunda dose, porque só a vacinação reduz de maneira significativa a ocorrência de casos graves, óbitos e, consequentemente, a diminuição da ocupação hospitalar pelo novo coronavírus”, afirma o gestor da saúde.

De acordo com notas informativas do Ministério da Saúde (MS), há uma possível diminuição, ao longo do tempo, da resposta imune contra a Covid-19, após a segunda dose da vacinação, por isso é importante a aplicação da dose de reforço.

E com o intuito de incentivar os 21 milhões de brasileiros que estão com o esquema vacinal atrasado a tomarem a segunda e a terceira doses da vacina, o MS, em conjunto com Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conassems), iniciou uma mobilização nacional que vai até sexta-feira (26) em todo o Brasil.

O slogan da campanha nacional é "Proteção pela metade não é proteção" e os postos de vacinação em todo o país estão preparados para garantir a proteção máxima para a população que está com alguma dose da vacina em atraso.

 Até agora, considerando a estratégia anterior utilizada pelo MS (que estabelecia a terceira dose para pessoas com 60 anos ou mais e para os profissionais de saúde seis meses após o fechamento do esquema vacinal e para os imunossuprimidos 28 dias depois da segunda dose), 137.670 alagoanos já tomaram a terceira dose da vacina contra a Covid-19.

E para que o número de óbitos, assim como o número de casos não volte a subir, é preciso continuar atento aos cuidados no combate ao novo coronavírus, inclusive para evitar a proliferação de novas variantes. Por isso, não esqueça:

– Use máscara ao sair de casa;

– Respeite os protocolos de distanciamento social;

– Lave suas mãos com frequência. Use sabão e água ou álcool 70%;

– Evite tocar os olhos, nariz ou boca;

– Cubra nariz e boca com o braço dobrado ou um lenço ao tossir ou espirrar;

– Fique em casa se você se sentir indisposto;

– Procure atendimento médico se tiver febre, tosse e dificuldade para respirar.

Fonte/Créditos: Agência Alagoas / Bia Alexandrino

Créditos (Imagem de capa): Olival Santos

Comentários: