Água Branca e Batalha lideram número de candidatas que não tiveram nem o próprio voto

Em seguida, aparecem Carneiros, Delmiro Gouveia e São José da Tapera com o maior número de mulheres sem nenhum voto para vereador



Os municípios do Sertão de Alagoas que tiveram o maior número de candidatas ao cargo de vereadora, nas eleições de outubro deste ano, que não receberam nenhum voto são Água Branca e Batalha. Neles, 11 e 10 candidatas, respectivamente, não receberam nem o próprio voto.

A situação, além de curiosa, pode ser ilegal, uma vez que existe a suspeita, por parte da Justiça Eleitoral, de que elas tenham aceitado se registrar como candidatas apenas para cumprir a cota mínima defina em lei, segundo a qual pelo menos 30% das vagas devem ser ocupadas por mulheres.

Em seguida, aparecem os municípios de Carneiros, Delmiro Gouveia e São José da Tapera. Cada um deles teve nove “candidatas laranjas”.

Em todos os 102 municípios de Alagoas, 449 mulheres não tiveram nenhum voto para o cargo de vereadora. O procurador regional eleitoral Marcial Coêlho já começou a apurar os casos. O número de candidatas que tiveram votação zerada representa 21,41% do total de 2.097 candidaturas femininas. Esse percentual é sete vezes maior do que a proporção de homens que não receberam votos em outubro passado.

De acordo com o ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Henrique Neves, em texto publicado no portal eletrônico do Tribunal, esse número elevado de mulheres que não receberam votos pode ser atribuído às chamadas “candidaturas laranjas”, quando o partido lança candidatos apenas para preencher a cota obrigatória de 30% de participação feminina nas eleições.

“A quantidade de candidatas que não receberam nenhum voto é realmente preocupante e deve ser analisada de acordo com cada situação. Para que possamos chegar ao equilíbrio na representação por gênero, é necessário que seja assegurado que as mulheres possam competir nas eleições com efetiva igualdade de chances”, disse o ministro Henrique Neves.

Confira abaixo as candidatas a vereadora, nas eleições de outubro deste ano, que não receberam nenhum voto:

Água Branca: Nina (PT), Maria Helena (PPS), Gilda Noia (PMDB), Lúcia (PPS), Neuza Dorinha (PMDB), Lia Nóia (PSDB), Margarida (PP), Bia de Belo (PMDB), Lucinha (PTN), Celeste Zuza (PSD), Odete do Tingui (PMDB);

Batalha: Mercia Boiadeiro (PSD), Ivone Tenório (PTB), Penha Pretinho (PR), Adriana Amorim (PMDB), Mayra Melo (PR), Clarissa Souza (PMDB), Bahia Boiadeiro (PSD), Daniela Pereira (PR), Tainah Monte (PMDB), Maiara dos Santos (PR);

Carneiros: Nena (PMDB), Ana (PRP), Clea Vanderlei (PMDB), Aparecida Patrícia (PRP), Edilma (PSB), Preta (PMDB), Cleomárcia (PRP), Ronilda (PMDB), Fátima Nogueira (PSB);

Delmiro Gouveia: Judileuza (PRTB), Maria Luciana (PMDB), Viviane Varjão (PSDC), Marluce do Gonzagão (PPS), Maria Zilda (PPS), Austecline (PSDC), Mary (PRB), Isa Priscila (PSDC), Kátia Margarete (PP);

São José da Tapera: Telma de Salgadinho (PMDB), Francisca Cavalcante (PTC), Raquel Barbosa (PMDB), Gilvania Souza (PSD), India (PSC), Lucidalva Gomes (PMDB), Gabriela Moura (PMDB), Andrea Feitosa (PPS), Sara Oliveira (PPS).


Fonte: Correio Notícia



Share on Google Plus

About Canal Na Hora

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Inhapi Informes ou de seus colaboradores.