Estudantes e movimentos sociais realizam manifestação pelas ruas de Delmiro Gouveia



Manifestantes protestaram contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC-55) e o governo de Michel Temer


Estudantes do Campus do Sertão da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) realizaram na manhã desta sexta-feira (25), uma manifestação na cidade de Delmiro Gouveia.

Com apoio do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), do Instituto Federal de Alagoas (IFAL), do Instituto Federal da Bahia (IFBA), do Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Federal de Alagoas (Sintufal) e do Movimento de Resistência Popular, os alunos protestaram contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC-55), antiga PEC-241, que está tramitando no Senado Federal, e contra o governo do presidente do país, Michel Temer.

Os manifestantes se concentraram às 7h, na Praça do Coreto e realizaram uma passeata pelas principais ruas do município, e foram até a ponte que liga o bairro Pedra Velha ao centro da cidade, onde a bloquearam por cerca de 30 minutos. Em seguida o grupo foi até à rodoviária do município, onde encerraram a manifestação por volta das 11h20.

O protesto foi divulgado nas redes sociais através de vários banners, e um deles tinha as seguintes frases “contra aos ataques aos direitos dos trabalhadores” e “a nossa luta unificou, é estudante junto com trabalhador”.

“A sociedade tem que ficar esclarecida e ir para a verdadeira luta, que é contra os parlamentares que não estão a serviço do povo, mas sim de um capital que certamente é internacional, que é isso que eles querem que o Brasil seja, uma colônia. Essa é a impressão que fica”, disse um manifestante, que preferiu não ter o nome divulgado, ao Correio Notícia.


Fonte: Correio Noticia 


Share on Google Plus

About Canal Na Hora

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Inhapi Informes ou de seus colaboradores.