Campus Sertão da Ufal em Delmiro Gouveia segue ocupado há mais de um mês




Estudantes estão no prédio em protesto contra a PEC dos gastos e aulas estão suspensas desde o início da ocupação



O Campus do Sertão da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), em Delmiro Gouveia, está ocupada há mais de um mês por estudantes, que são contrários à PEC dos gastos.

Em forma de protesto contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC-55), que tramita no Senado Federal, os alunos utilizando faixas ocuparam o prédio no dia 19 de outubro, por volta das 22h.

“Repudiamos veementemente a PEC, que visa sucatear o serviço público e congelar investimentos em educação e saúde por 20 anos, claramente jogando a crise nas costas da classe trabalhadora”, publicou a organização do ato, em uma rede social.

Desde então, as aulas na universidade estão paralisadas e as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que seriam aplicadas nos dias 5 e 6 deste mês foram adiadas para os dias 3 e 4 de dezembro.

Os estudantes afirmam à gestão da Ufal que foram xingados e registraram a presença de uma pessoa armada, em companhia de outras duas, todas encapuzadas, que filmavam e arrancavam faixas e cartazes. Além disso, eles relataram que receberam telefonemas na madrugada de domingo (13), com ameaças de confronto e violência física.

O vice-reitor no exercício da Reitoria da Universidade de Federal de Alagoas, José Vieira, informou que entrou em contato com o comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), sediado em Delmiro, tenente-coronel Joaz Fontes e o comandante geral da Polícia Militar, coronel Marcos Sampaio Lima para solicitar providências sobre as ameaças.


Fonte: Correio Notícia



Share on Google Plus

About Canal Na Hora

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Inhapi Informes ou de seus colaboradores.