Oito suspeitos de assaltos morrem em troca de tiros com policiais em Delmiro Gouveia





Tiroteio aconteceu ao lado de escola e aterrorizou mais de 300 alunos; armas de fogo de grosso calibre, colete balístico e drogas foram apreendidos em residência, segundo delegado


Oito jovens suspeitos de assaltos morreram em uma troca de tiros com as polícias Civil e Militar, na manhã desta terça-feira (30), por volta das 10h30, na Rua João Batista Filho, no bairro Campo Grande, em Delmiro Gouveia.

Os policias estavam cumprindo mandados de prisão contra os suspeitos, em uma residência onde eles estariam escondidos, quando foram recebidos a tiros. Houve um intenso tiroteio, onde os suspeitos Cícero, Rolinho, Miltinho, Robson, Oinho, Davi, Jonathan, morreram.

O último suspeito, identificado como Big, que também morreu na hora, foi apontado pela polícia como o líder da quadrilha. Conforme a polícia, entre os mortos estão membros de uma quadrilha da cidade de Paulo Afonso (BA).

Conforme o delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti, titular da Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), sediada no município, várias armas de fogo de grosso calibre, um colete balístico, duas motos e drogas foram encontrados no interior do imóvel, que fica localizado ao lado da Escola Municipal Maria Dulce Cavalcante Feitoza.

Rodrigo Cavalcanti ainda disse que os jovens estavam envolvidos no assassinato de Fabiano Pereira de Souza, ocorrido no dia 18 deste mês. “Eles também estavam envolvidos no assalto ao Mercadinho de Marola, ao Pag Fácil, ao caminhão da Distribuidora de Bebidas Schin, além da Casa Lotérica de Olho D’água do Casado, e ao banco da cidade de Traipu”, disse o delegado regional.

A polícia informou que duas adolescentes que foram apreendidas na operação se dirigiam até os estabelecimentos comerciais para realizar levantamentos e passavam as informações para o bando praticar os assaltos. “Além de realizar os levantamentos, elas ostentavam com arma de fogo. Eles já haviam planejado mais dois assaltos em Delmiro Gouveia, sendo um no bairro Eldorado e um no Campo Grande. Inclusive uma agência bancária”, disse um policial, que preferiu não ser identificado.

Existe a suspeita de que outra pessoa que estava no interior da residência foi baleada, mas conseguiu fugir.

A secretária Municipal de Educação, Rosa Freire, comunicou que as aulas na escola serão suspensas e que irão ser retomadas na quarta-feira (31). “Os professores informaram que foi um momento de terror. Eles também parabenizaram a ação dos policiais que passaram segurança para mais de 300 alunos. Caso haja necessidade, alguns alunos irão passar por acompanhamento médico”, afirmou a gestora durante entrevista à rádio Correio FM.

Um morador, que preferiu não ser identificado, relatou com exclusividade ao portal Correio Notícia que acompanhou toda a ação. “Os policiais anunciaram a prisão e esses jovens começaram a dizer palavras de baixo calão e atiraram contra eles”, disse.

Uma guarnição do 9º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM) e uma equipe da Guarda Municipal estiveram no local para remover os corpos para o necrotério da Unidade Mista e Emergência Doutor Antenor Serpa, de onde serão recolhidos pelo Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca.

Durante a operação, um policial militar teve o colete balístico atingido. A ação foi coordenada por Cavalcanti e o tenente-coronel Joaz Fontes, comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), ambos coordenadores da da 24ª Área Integrada de Segurança Pública (AISP). Participaram policiais civis da 1ª-DRP e da Delegacia de Polícia de Pariconha (33º-DP), militares da Rádio Patrulha (R/P), do Pelotão de Operações Especiais (Pelopes) e da Companhia de Operações Especiais do Sertão (Copes-Caatinga).

Os trabalhos foram acompanhados pelo gerente de Polícia Judiciária da Área 1, delegado Cícero Lima, pelo delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, pelo chefe do Comando de Policiamento de Área do Interior (CPAI-1), coronel Luiz Carlos, pelo comandante-geral da Polícia Militar, coronel Marcos Sampaio e pelo secretário de Estado da Segurança Pública, coronel Lima Júnior.


Fonte: Correio Noticia 


Share on Google Plus

About Canal Na Hora

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Inhapi Informes ou de seus colaboradores.