Incêndio em residência resulta na morte de idosa de 92 anos em Inhapi



Vítima era fumante e pode ter iniciado chamas ao acender cigarro; sinistro aconteceu durante a madrugada

Uma idosa morreu carbonizada, durante a madrugada desta segunda-feira (8), na Rua Deputado Eraldo Malta Brandão, conhecida como Rua do Comércio, centro da cidade de Inhapi. A vítima foi identificada como Rosália de Sousa Costa, 92.

A sala da residência dela entrou em chamas e ela, muito debilitada pela idade avançada, não conseguiu sair da casa. Não se sabe ao certo como o fogo se iniciou, mas a suspeita é de que a idosa, que era fumante, tenha provocado o incêndio ao acender um cigarro.

No momento do ocorrido, uma filha da vítima estava dormindo em um dos quartos da casa, mas quando se acordou a mãe já estaria em chamas e ela não pôde fazer nada, além de sair do imóvel e acionar o Corpo de Bombeiros Militar (CBM).

O Posto do 9º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM), sediado em Delmiro Gouveia, informou para o Correio Notícia que no momento em que a equipe que atendeu a ocorrência chegou na localidade, as chamas já tinham sido controladas por populares e que, com isso, foi feito apenas um trabalho preventivo para que o incêndio não recomeçasse.

Dona Rosália, como era mais conhecida, é mãe de empresários conceituados no município, como “Bida”, Valdo Augusto e Regi Augusto, além de ser avó da conselheira do Tribunal de Contas do Estado (TCE/AL) Cláudia Brandão.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para remoção do corpo. O caso deverá ser investigado pela delegacia distrital.


Fonte: Correio Noticia


Share on Google Plus

About Canal Na Hora

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Inhapi Informes ou de seus colaboradores.