Preso na Bahia acusado de matar duas crianças a facadas em Delmiro Gouveia





“Monstro de Delmiro”, como ficou conhecido, Adroaldo Félix da Silva Siqueira foi localizado em Feira de Santana; crime ocorreu em 2011 e repercutiu nacionalmente




Depois de cinco anos foragido da Justiça, Adroaldo Félix da Silva Siqueira, 33, acusado de assassinar duas crianças em Delmiro Gouveia, foi preso, na tarde desta quinta-feira (30), em Feira de Santana, na Bahia.

A prisão do acusado foi realizada por policiais civis da Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP) sediada em Delmiro, em uma ação conjunta com a polícia baiana, após um trabalho realizado pelo setor de Inteligência da Polícia Civil (PC/AL).

O delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti, titular da 1ª-DRP, informou que Adroaldo estava trabalhando em uma fábrica de pré-moldados no município baiano. “Ele é um elemento malicioso que cometeu um crime bárbaro que repercutiu em todo o Brasil, conseguimos o nosso objetivo e realizamos a prisão dele”, disse.

Ele foi preso e levado para a 1ª-DRP, onde ficará recluso à disposição da Justiça.

O caso

No dia 26 de junho de 2011, Adroaldo que na época ficou conhecido como “Monstro de Delmiro”, teria aproveitado que a mãe da menina havia saído da residência para realizar a prova de um concurso público, que estava sendo realizado no município, para assassinar a facadas a filha Yasmin Vitória, de 3 anos, e o cunhado Gabriel Martins, de 8 anos.

Ao retornar para a residência, a mulher encontrou a porta fechada, então decidiu procurar o marido e as crianças na casa de familiares, mas não os localizou. Ela novamente retornou para casa, decidiu arrombar a porta do imóvel e encontrou os corpos das crianças próximos à porta da cozinha.

Após cometer os assassinatos, o “Monstro de Delmiro” teria ido até a residência da sogra e dito que queria conversar com a esposa, mas saiu logo em seguida.

No dia seguinte, centenas de pessoas acompanharam o sepultamento das crianças no cemitério da cidade.

Na época, Adroaldo teria pedido comida, descansado e falado para o proprietário de uma fazenda, localizada no povoado Craíbas do Lino, na zona rural de Delmiro Gouveia, que estava vindo de Petrolândia (PE).



Fonte: Correio Notícia

Share on Google Plus

About Canal Na Hora

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Inhapi Informes ou de seus colaboradores.