Vereador é confirmado como pré-candidato a vice-prefeito de Fabiano Ribeiro

Confirmação foi realizada pelo prefeito, durante entrevista à rádio Correio FM, de Delmiro Gouveia


Conforme Doutor Fabiano, como é mais conhecido o prefeito, houve uma conversa dele com Valmir e o restante do grupo político, onde ficou entendido que a chegada do vereador mudaria completamente a conjuntura política na disputa pela prefeitura. “Houve um entendimento de todo o grupo, inclusive do vice-prefeito Rafael Andrade, que com isso será candidato a vereador pelo PSB”, explicou o gestor.

Valmir pretendia ser candidato a prefeito e vinha crescendo na oposição, mas por divergências com outros integrantes do grupo oposicionista, decidiu desistir da pré-candidatura. “Havia muitos interesses pessoais e como meu projeto é para o povo decidi conversar com Fabiano e me uni a ele para colocar em prática as ideias que tenho em benefício dos pariconhenses”, disse o vereador.

De volta ao grupo pelo o qual foi eleito em 2012, agora como pré-candidato a vice-prefeito, Valmir pretende lançar um dos filhos como candidato a vereador para sucedê-lo na Câmara Municipal.

Valmir tem 46 anos de idade e está no terceiro mandato consecutivo, sendo em todos eles o vereador mais votado do município. Nas eleições de 2012, por exemplo, obteve 656 votos (10,92%), o que daria para eleger outros dois edis.

A reportagem falou com o vice-prefeito Rafael Andrade sobre o assunto, mas ele se esquivou alegando que somente depois iria se pronunciar a respeito.

Apesar de não falar sobre o assunto, a possibilidade de o vice-prefeito ser candidato a vereador deixou muita gente entusiasmada e a explicação para isso seria a atuação dele como representante da juventude, bem como a história política da família, já que o pai, Paulo Andrade, foi o primeiro prefeito do município.


Fonte: Correio Notícia


Share on Google Plus

About Canal Na Hora

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Inhapi Informes ou de seus colaboradores.