Polícia Rodoviária Federal recupera veículo clonado na BR-316 em Palmeira


Polícia achou com dupla detida diversos documentos falsos e cartões de crédito de terceiros




Dois homens foram presos e um veículo clonado foi recuperado no fim da tarde de terça-feira, 05, na BR-316, em Palmeira dos Índios, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Dentro do veículo, os policiais encontraram diversos documentos falsos, cartões de crédito de terceiros, além de pendrives com arquivos de espelhos de documentos como identidade, certidão de nascimento, conta de energia e outros, dando a entender que a dupla trabalha com falsificação de documentos.

Os agentes da PRF faziam uma fiscalização de rotina próxima ao posto de Palmeira dos Índios quando decidiram abordar a Saveiro branca, placa de Cabo de Santo Agostinho/PE. Dentro do veículo havia dois homens, que apresentaram nervosismo com a presença dos policiais. Ao solicitar documentação dos indivíduos e do veículo, o motorista apresentou um Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) que possuía diversos sinais de inautenticidade. Fazendo uma análise minuciosa pelo veículo os agentes verificaram diversos itens de identificação adulterados. Após consultas, descobriram a verdadeira placa do veículo, que havia sido roubado em São Caitano/PE, dia 18 de janeiro de 2016.




(Foto: Assessoria / PRF-AL)

Dentro do veículo, os agentes federais encontraram documentos e cartões de crédito de terceiros, três cheques assinados e com valor em branco e R$922 em espécie. Na mochila do passageiro, havia quatro pendrives com arquivos em coreldraw contendo espelhos de documentos como identidade, CPF, conta de água, certidões de nascimento, fotos de carimbos de Cartórios da região, além de uma agenda com nome e idade de pessoas diversas e valores a receber. Suspeita-se que a dupla trabalha com falsificação de documentos.

A dupla e todo material encontrado, junto com o veículo, foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Palmeira dos Índios. Os homens, de 30 e 36 anos, naturais de Pernambuco, responderão pelos crimes de receptação, uso de documento falso, falsificação de documento público e apropriação indébita.


Documentos falsos apreendidos (Foto: Assessoria / PRF-AL)




Fonte: Tribuna Hoje


Share on Google Plus

About Canal Na Hora

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Inhapi Informes ou de seus colaboradores.