Preso foragido da Justiça acusado de estuprar menina de sete anos de idade em Mata Grande

20151210092936Uma ação das polícias Civil e Militar, na manhã desta quinta-feira (10), na cidade de Delmiro Gouveia, resultou na prisão de Cícero Miguel dos Santos, 24, acusado de estuprar uma menina de sete anos de idade, no dia 13 de setembro deste ano, em um Conjunto Habitacional (Cohab), localizado no bairro Mandacaru, em Mata Grande.

A prisão de Cícero Miguel foi realizada, depois de levantamentos de agentes da Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP) e o setor de inteligência do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), que descobriram que o mesmo estava residindo na cidade. Policiais civis e militares, com apoio de agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), foram até a residência e prenderam o acusado.

O rapaz foi levado para a 1º-DRP, onde confessou a prática do crime, alegando que estava embriagado. Para a reportagem, ele disse que usou apenas os dedos para cometer o estupro e que estava arrependido. “Tenho um filho de dois anos e jamais gostaria que isso acontecesse com ele”, disse.

Ainda na delegacia, foi levantado que Cícero Miguel já tem passagem pela polícia na Bahia, onde foi enquadrado na Lei Maria da Penha. Com um mandado de prisão em aberto, o jovem ficou preso à disposição da Justiça.

O crime

Familiares da vítima informaram para a reportagem que durante a noite, por volta das 18h30, o jovem abordou a menina na rua, oferecendo pacotes de pipoca para ela, depois a levou para uma casa, localizada na Cohab. No imóvel, o acusado teria sufocado a criança até que a mesma desmaiou e com ela desfalecida havia praticado o abuso sexual.

Ainda de acordo com os parentes, depois do estupro, o homem que é irmão de um mecânico muito conhecido na cidade fugiu, pensando que a vítima estava morta. Já acordada, horas depois do ocorrido, a menina foi localizada pelos familiares, com sangramento nas partes íntimas e contou para eles o que tinha acontecido.

Passando mal, a garotinha foi levada para o hospital regional Clodolfo Rodrigues de Melo, em Santana do Ipanema, depois foi transferida para outra unidade de saúde, em Maceió. Na ocasião, o estado de saúde dela era considerado grave.

Policiais da Companhia de Polícia Militar (3ª-Cia) ainda conseguiram localizar o rapaz, mas o mesmo conseguiu escapar do cerco policial. A delegada distrital, Gracielly Marques, representou o acusado pelo crime e a prisão foi expedida pelo juiz Jairo Xavier Costa, titular da comarca do município.
Share on Google Plus

About Inhapi Informes

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Inhapi Informes ou de seus colaboradores.