Operação resulta na prisão de oito pessoas acusadas de diversos crimes em Inhapi e Mata Grande

[caption id="attachment_5164" align="alignleft" width="300"]Ascom - PC/AL Ascom - PC/AL[/caption]

Oito pessoas acusadas de diversos crimes foram presas, durante uma operação das polícias Civil e Militar, deflagrada nas primeiras horas desta quinta-feira (1), nos municípios de Inhapi e Mata Grande. Na ação, foram apreendidos veículos irregulares, drogas e arma de fogo.

Em Mata Grande foram presos Leonildo Alves Batista, vulgo “Cabeludo”, 38; e Francisco de Assis da Silva Junior, conhecido como “Júnior de Célia”, 33, flagrado com veículo adulterado e drogas. Já em Inhapi, os presos foram identificados como José Costa da Silva, conhecido como “Jaboreu”, 39, encontrado com veículos adulterados e munições; Edilson Cícero da Silva, 33, encontrado com munições; Otoniel Rodrigues dos Santos, o “Toinho”, 24, encontrado com drogas; Cicero Flor de Lima, o “Garajau”, 54; Cicero Gomes da Silva, 58; e José Geovanio dos Santos, o “Biu”, 22, encontrado com uma arma de fogo e uma moto Yamaha XTZ, de cor azul, sem placa e com o chassi adulterado.

A operação foi coordenada pela 24ª Área Integrada de Segurança Pública (AISP), que é coordenada pelo delegado Rodrigo Cavalcanti, titular da Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), e o tenente-coronel Joaz Fontes, comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar. A delegada de Mata Grande, Gracielley Marques, também participou da ação.

Os trabalhos foram acompanhados pela Diretora de Polícia Judiciária da Área 1 (DPJA-1), delegada Ana Luiza Nogueira, e coronel Luiz Carlos, chefe do Comando de Policiamento de Área do Interior (CPAI-1). Os mandados de prisão, busca e apreensão foram expedidos pelo juiz Jairo Xavier Costa, titular da comarca dos dois municípios alvos da operação.

Os trabalhos foram desenvolvidos por policiais civis da 1ª-DRP e dos 28º, 29º e 30º distritos policiais, além de militares da Companhia de Operações Policiais Especiais do Sertão (Copes – Caatinga), Pelotão de Operações Especiais (Pelopes), Rádio Patrulha (RP) e grupamentos locais.

Todos os presos e o material apreendido com eles foram levados para a Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), sediada em Delmiro Gouveia.
Share on Google Plus

About Inhapi Informes

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Inhapi Informes ou de seus colaboradores.