Condutor do veículo que atropelou e matou criança de 2 anos vai ser apresentar à polícia

[caption id="attachment_5064" align="alignleft" width="300"]Cortesia/Família Cortesia/Família[/caption]

O condutor da caminhonete que atropelou e matou a pequena Nathally Naiara Lima dos Santos, na cidade de Mata Grande, informou para a Polícia Civil, nesta sexta-feira (17), através de seu advogado, que vai se apresentar para prestar depoimento na próxima semana. O homem que foi identificado apenas como Jacó estava foragido desde o último sábado (11), dia do acidente.

O advogado adiantou para agentes policiais da delegacia distrital que no momento do acidente o motorista que estava dando ré no veículo não viu a garotinha de dois anos de idade que teria saído correndo de dentro de casa para a rua e que está muito abalado com o ocorrido, ainda mais por ser amigo da família da vítima.

O acidente aconteceu por volta das 7h, no Conjunto Habitacional (Cohab 1), localizado na entrada da cidade. Nathally foi atropelada por uma caminhonete D-20 que, de acordo com testemunhas, passou com um dos pneus traseiros por cima da cabeça dela.

O condutor da caminhonete que seria utilizada como transporte alternativo fugiu do local, levando o veículo. A menina morreu na hora, mas acreditando que a filha pudesse está viva, o pai e a mãe a levaram para o hospital da cidade, onde apenas foi constatada a morte.

Uma guarnição da Companhia de Polícia Militar (3ª-Cia) da cidade foi acionada e realizou várias diligências com o objetivo de localizar o motorista da D-20, mas não obtiveram êxito. Um inquérito policial foi instaurado para apurar o caso.
Share on Google Plus

About Inhapi Informes

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Inhapi Informes ou de seus colaboradores.