Confusão entre padre e vizinha da paróquia quase vira caso de polícia em Inhapi

[caption id="attachment_4963" align="alignleft" width="300"]Central do Sertão Central do Sertão[/caption]

Um desentendimento entre a cabeleireira Cida Mello e o padre Clovis Rodrigues, ambos da cidade de Inhapi, por pouco não foi parar na delegacia, na manhã desta segunda-feira (6). Os entulhos de uma pequena obra que a profissional realizou em seu salão de beleza e que tinham sido colocados em uma rua, ao lado do prédio paroquial, foi o motivo da confusão.

O pároco teria pego o lixo e jogado em frente ao estabelecimento da cabeleira, informando que ao lado do salão da paróquia - situado na mesma rua - não era local para depósito de entulhos. A atitude do sacerdote deixou a mulher revoltada e até houve uma discussão entre os dois.

“As atitudes desse padre são de quem quer ser dono da rua, tanto é que o mesmo fechou uma via pública que fica em frente à igreja, causando transtorno para os moradores, até mesmo para os fiéis”, desabafou a cabeleireira que não é católica.

Cida Mello disse ainda que pensou em procurar a delegacia de polícia do município para registrar o que ela chamou de desaforo do padre, mas resolveu relevar o caso. “Eu não acho que ele seja uma pessoa que possa estar à frente de uma igreja. Uma pessoa dessa é simplesmente uma criatura que não é cristã. Não esperava isso dele”, concluiu.

A reportagem tentou por várias vezes falar com o padre, mas os telefones de contato estavam na caixa de mensagem ou não podiam receber nossas ligações. A linha fixa divulgada no site da diocese de Palmeira dos Índios como sendo da paróquia, na verdade pertence à base descentralizada do SAMU no município.
Share on Google Plus

About Inhapi Informes

    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários:

  1. tem que ser santo para aguenta uma meia dúzia de gente baixa ai em Inhapi seja firme padre Clovis quem fala mal de vc e porque que ser igual a vc e não é

    ResponderExcluir
  2. gostaria de saber quando vao publicar meu comentario?

    ResponderExcluir

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Inhapi Informes ou de seus colaboradores.