Mulher é assassinada a facadas e quase é degolada em Mata Grande

[caption id="attachment_4928" align="alignleft" width="300"]Minuto Sertão Minuto Sertão[/caption]

A jovem Danilma Camilo Silva, conhecida como “Galega”, 21, foi brutalmente assassinada a facadas, no início da tarde deste sábado (28), por volta das 12h, em um trecho da BR-316, no Sítio Riacho Verde, zona rural de Mata Grande. O marido dela, identificado como Marcos Maciel Pereira, conhecido como “Marcos Maconha”, foi apontado por testemunhas como autor do crime.

O corpo de Danilma teria sido encontrado por populares, em um trecho não asfaltado da rodovia federal. Uma guarnição da 3ª Companhia de Polícia Militar do município foi acionada e esteve na localidade para os primeiros levantamentos.

Segundo o cabo Bernardo, a mulher quase foi degolada e a arma do crime, uma faca peixeira, foi encontrada próximo ao corpo. Ainda de acordo com o militar, foram realizadas várias diligências para prender o acusado, mas o mesmo não foi encontrado.

O motivo do assassinato ainda é desconhecido, mas o caso vai ser investigado pelo delegado Genilson Oliveira, titular da delegacia distrital.

A vítima seria moradora do Sítio Serrote do Mel, zona rural de Canapi. O corpo dela foi levado para o necrotério do hospital da cidade, de onde foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca.
Share on Google Plus

About Inhapi Informes

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Inhapi Informes ou de seus colaboradores.