Criminosos explodem cofre e roubam agência bancária em Mata Grande

[caption id="attachment_4311" align="alignleft" width="296"]Foto: Minuto Sertão Foto: Minuto Sertão[/caption]

Mais de dez bandidos fortemente armados arrombaram um cofre da agência do Banco do Brasil de Mata Grande, na madrugada desta quinta-feira (29), por volta de 1h50. Algumas pessoas que estavam em dois estabelecimentos comerciais foram feitas reféns pelo bando que cercou a Companhia de Polícia Militar do município (3ª-Cia).

Segundo apurou a reportagem do Minuto Sertão, parte da quadrilha chegou na Rua Ubaldo Malta, centro da cidade, em uma caminhonete de cor prata, no momento em que alguns bandidos desceram do veículo e fizeram reféns as pessoas que estavam em uma padaria e um bar que ficam naquela localidade.

Armados com fuzis, usando coletes a prova de bala e encapuzados, os criminosos fizeram os reféns como escudos humanos e ficaram nas proximidades da Companhia Militar que fica há cerca de 200 metros da agência.

O bando se dirigiu para a unidade bancária, onde arrombou as portas e conseguiu chegar a um dos cofres, onde se utilizando de maçarico e explosivos, conseguiu romper a tranca e ter acesso ao dinheiro.

Um policial militar que não quis se identificar contou que na agência existem dois cofres, um que fica com moedas e cédulas de valor entre dois e cinco reais e outro com valores maiores. O atacado foi o primeiro, inclusive os bandidos tiveram dificuldade para carregar sacos cheios de moedas.

O roubo durou cerca de 20 minutos, depois os criminosos liberaram os reféns e fugiram por uma estrada vicinal que dá acesso ao município de Inajá – PE. Nenhum disparo de arma de fogo foi efetuado, durante a investida. O valor do montante levado por eles não foi divulgado.

O grupo criminoso também levou coletes a prova de bala e armas de fogo que eram utilizadas pelos seguranças da instituição. O material estava guardado em uma repartição da agência bancária.

Os dois únicos policiais que estavam de plantão na 3ª-Cia assistiram toda a ação criminosa através da central do sistema de vídeo monitoramento da prefeitura municipal que fica instalada no prédio militar. Os militares não puderam fazer nada, senão acionar o 7º Batalhão de Polícia Militar (BPM), sediado em Delmiro Gouveia.

Guarnições do Pelotão de Operações Especiais (Pelopes), Rádio Patrulha e Companhia de Operações Policiais Especiais do Sertão (Copes-Caatinga) foram até a cidade, mas quando chegaram, os bandidos já tinham fugido. Várias buscas estão sendo realizadas para tentar prender a quadrilha, mas até o momento não há informação sobre prisão.
Share on Google Plus

About Inhapi Informes

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Inhapi Informes ou de seus colaboradores.