Confira entrevista concedida pelo prefeito de Inhapi ao Minuto Sertão

Zé CiceroDando continuidade ao projeto Você Repórter, o portal Minuto Sertão realizou neste final de semana mais uma entrevista com a participação de leitores do site. O entrevistado foi o prefeito de Inhapi, José Cícero Vieira (PT), que entre tantos assuntos falou sobre sua administração e padrão de vida como prefeito, futuro político, relação com a Câmara de Vereadores e o valor de seu salário e dos secretários municipais.

Confira a entrevista:

Perguntas de leitores

Aldo do Bar (Inhapi) – Prefeito, a maioria dos comerciantes apoiaram você por não concordarem com o gestor anterior que para eles não trabalhava e nem morava na cidade e hoje, mesmo vendo o senhor trabalhando e organizando o município ainda criticam sua administração, inclusive alguns deles já estão articulando um novo grupo político, com novos futuros candidatos. O que você pensa a respeito disso?
Naturalmente quando se tem, sempre se quer mais. Os comerciantes estão tendo uma cidade em ritmo de desenvolvimento, o progresso chegou, o recurso público está circulando na cidade, a independência e a liberdade estão sendo postas em prática em nosso município. Talvez seja isso que faz alguns comerciantes falar, criticar, discordar. Mas, todos sabem que avançamos e estamos cumprindo com os compromissos esperados pela sociedade. Em apenas 1 ano e meio, tivemos mais de 10 lojas implantadas no município, isso comprova o aquecimento comercial, e a credibilidade de um bom governo. Atraindo investidores e gerando empregos na cidade.

Rita Brandão (Inhapi) - Prefeito, por que que o dinheiro atrasado que foi pago ao funcionalismo público esta semana entrou nas contas faltando absurdos?
A matemática é exata, os valores do rateio são definidos pelo número de professores no município, é logico que se hoje temos um número bem maior de servidores, esse valor seja menor. Porem ressalto que nunca foi pago, e hoje fazemos questão de pagar bem, e pagar em dia, como nunca aconteceu no município.

Perguntas da redação

Minuto Sertão - Prefeito, como foi para você se sair vitorioso em um município que há anos era comandado por um só grupo político?
Acho que amadurecimento político de nossa parte e a situação que o ex-prefeito deixou a cidade ficar.

Para você, o que lhe garantiu a vitória com tamanha votação?
Uma aliança ampla e forte com partidos e pessoas descontentes com a gestão passada. Um grupo de pessoas determinadas, persistentes e capazes.

Você esteve à frente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do município por muitos anos, essa experiência de gestão ajuda na administração da cidade?
Com certeza, ajudou bastante.

Qual foi o critério para a escolha do secretariado?
Técnico e político. Educação, Saúde, Assistência Social, Administração e Cultura foi técnico. Agricultura, Transporte, Assuntos estratégicos e Obras foi político e conhecimento da causa.

Qual sua relação com a Câmara de Vereadores?
Uma relação boa, respeitosa e diplomática. Existe independência e harmonia entre a Prefeitura e a Câmara de Vereadores.

O grupo que foi derrotado dizia sempre em sua campanha que a sua gestão iria ser dominada pelas pessoas que lhe apoiaram, isso ocorre?
Não, de forma nenhuma. Aceito opiniões, mas não aceito ninguém administrar em meu lugar. Afinal, eu fui o eleito.

Como o senhor encontrou a prefeitura, se referindo à situação financeira?
Estava numa situação precária. Pouco recurso e muitas dívidas.

A maioria dos municípios da região está com dificuldades financeiras. Inhapi também enfrenta este problema?
Inhapi enfrenta essa situação financeira ruim de todos os municípios, porém estamos enfrentando de cabeça erguida e estamos conseguindo cumprir com todas as nossas obrigações.

Qual a maior conquista de sua administração até hoje e qual a maior dificuldade?
A maior conquista foi Construção do Curral do Gado, ficou o melhor de Alagoas. A maior dificuldade é o CAUC, isso são pendências da gestão passada que levou o município à irregularidade junto aos órgão federais.

Você acha que seu governo está satisfazendo a vontade de quem votou por mudança?
De quem votou por mudança de governo, sim. Mas se alguém votou por mudança de bolso, não.

Na campanha de 2012, você registrou em cartório um termo se comprometendo a manter 13 das principais ações da gestão anterior, entre elas o programa Bolsa Família Municipal, não demitir os funcionários contratados e permanência do Mica-Hipi. O que foi cumprido e o que ainda falta ser realizado?
Sim, estamos cumprindo todas elas e fazendo além... A exemplo do Curral do Gado recém inaugurado agora. O sucesso do Inhapi Fest que substituiu o Mica-hipi, trazendo artistas de renome nacional para o Inhapi como foi o caso de Léo Magalhães. A implantação do Bolsa Família Municipal, regulamentada e aprovada recentemente pela câmara de vereadores. Em 1 ano e meio cumprimos 11 das 13 promessas, e iremos cumprir todas até o final de 2015, um ano antes do termino do meu primeiro mandato.

Sobre a recuperação da AL-140, trecho de entrada da cidade, existe alguma previsão de inauguração?
Ficou pronta, estamos alinhando junto ao governador a data de inauguração. Mas o bom é q o povo já está usando e desfrutando do conforto do novo asfalto.

Como é que a zona rural está sendo atendida pelo seu governo?
Com carros-pipa, limpeza de barragens, limpeza de fontes de minação, distribuição de ração animal, distribuição de sementes, recuperação de estradas vicinais, construção de cisternas, distribuição de animais na avicultura e ovinocultura, etc.

Muito tem se falado sobre o seu padrão de vida ter mudado tão repentinamente, sendo atribuído a isto o carro que o você anda e a residência fixada na cidade. Isso lhe incomoda?
Não me incomoda porque é tudo lícito. Eu tenho meu carro próprio a muitos anos, e inclusive ainda ando nele fins de semana quando vou ao sitio. Trabalho num carro locado pela prefeitura como qualquer prefeito, esse carro não é meu, é locado para meu trabalho de prefeito. Tenho trabalhado todos os dias, rodar no carro público é normal, afinal trabalho no serviço para o povo de Inhapi. A casa, é resultado do meu padrão de salário atual. Tem pessoas que ganham menos que eu e tem casa melhor que a minha. Pelo menos invisto todo meu salário aqui no município, Inhapi é a cidade que escolhi para viver, morar, trabalhar, e criar meus filhos.

É verdade que o concurso público realizado na gestão anterior foi cancelado e os participantes daquele certame receberam a opção de reaver o valor investido ou aplica-lo novamente em um novo concurso que estará por vir. Já tem alguma previsão para esse novo concurso?
Tudo está dependendo da preparação do certame para contratação de uma nova empresa, estamos fazendo tudo dentro da legalidade, inclusive montando uma comissão civil para acompanhar todo processo.

Muitos prefeitos da região, principalmente os de primeiro mandato, reajustaram os próprios salários e os dos secretários. Isso também ocorreu em Inhapi?
Não aumentamos de forma nenhuma. Estamos, eu e os secretários municipais de Inhapi, todos com os mesmos salários aprovados pela câmara de vereadores em 2012.

Você pode divulgar o valor de seu salário e quanto ganha um secretário?
Com certeza, sou hoje um servidor público, devo informar o que recebo de salário do cargo que exerço na prefeitura. Tenho o orgulho de ter as contas e a gestão transparentes.

O meu salário é de R$ 12.000,00 bruto

Os Secretários é de R$ 2.000,00 bruto

Esses são os salários aprovados pela Câmara municipal de Inhapi em

2012 e permanecem os mesmos valores.

O funcionalismo municipal cobrava do município o pagamento de proventos e outros direitos atrasados na gestão anterior. Isso foi pago ou você não se sente nessa obrigação?
Fazemos tudo baseado no que determina a lei, não posso sair pagando aquilo que acho ou que penso. Para tudo fazemos consultas ao judiciário, e o que a lei manda cumprir, com certeza estamos cumprindo.

Alguns ex-funcionários da esfera administrativa que foram dispensados logo no início de seu governo decidiram representar o município na Justiça do Trabalho. Se ganharem a questão, existe a possibilidade de receberem alguma coisa ou o município pretende recorrer até a última instância para não realizar o pagamento?
Não negamos direito a servidor nenhum, é um prazer do nosso governo pagar direitos adquiridos pelos servidores que no seu exercício conquistou. O problema é que houve muitos documentos falsificados, decretos feitos com datas retroativas, sem publicação em Diário Oficial do Estado. Seguimos a orientação do nosso jurídico, e entramos com ações, para apurar caso a caso. Inclusive processando aqueles que produziram documentos falsos.

Se as eleições fossem hoje, você acredita que poderia repetir a expressiva votação do pleito anterior?
A sociedade está mudando, tem acompanhado todos os passos do meu governo, e na política moderna não tem mais espaço para o chicote, e cabresto. Faço política com transparência e seriedade, acredito que a população está de olho nisso, e sinto nas ruas no dia a dia. Estamos fazendo nesse pequeno espaço de tempo mais que em 40 anos, o Inhapi virou um canteiro de obras. E o povo aprova isso com certeza.

Você pensa em reeleição ou ainda é cedo para se falar nisso?
Penso primeiramente em meu mandato, faço planos para realizar todos até 2016. O povo é quem vai decidir se devo sair ou continuar, uma possível candidatura nasce da vontade do povo e não do candidato.

Há informação de que o grupo político adversário terá um candidato e que um novo grupo está sendo formando no município para o enfrentar nas eleições de 2016, o que você pensa disso?
Acho ótimo, a democracia é a coisa que mais admiro no mundo, o direito de escolha é primordial. Se tiver só um candidato não teremos como saber a aprovação do povo.

Para terminar, o que a população inhapiense pode esperar do prefeito Zé Cícero até o final do mandato?
Trabalho... Deste homem esperem muito trabalho, pois esse tem sido meu foco desde o primeiro dia de governo até o final. Buscando parceiras, colocando o Inhapi no mapa do desenvolvimento. Buscando uma melhoria de qualidade de vida dos inhapienses. Faremos um governo de transformações, tanto estruturais quanto sociais, isso eu garanto.
Share on Google Plus

About Inhapi Informes

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Inhapi Informes ou de seus colaboradores.