Polícia prende em Inhapi jovens acusados de roubar moto em Mata Grande

[caption id="attachment_4427" align="alignleft" width="300"]Foto: Ítallo Timóteo - Minuto Sertao Foto: Ítallo Timóteo - Minuto Sertao[/caption]

Dois jovens foram presos na noite deste sábado (1), por volta das 19h30, em Inhapi, acusados de roubar uma motocicleta, na tarde do mesmo dia, no Sítio Salgado do Lino, zona rural de Mata Grande. Os presos são o inhapiense Diogo de Oliveira Souza, 26, e José Carlos Santos de Oliveira, 20, morador do Sítio Salgado do Lima, município de Mata Grande.

O proprietário do veículo roubado conta que passava das 13h, quando trafegava por uma estrada vicinal e foi atacado pelos dois jovens que estavam em uma motocicleta de cor preta. Um dos criminosos armado teria ordenando que ele parasse, no momento em que anunciou o assalto e lhe tomou a moto que conduzia, uma Honda 150cc, de cor vinho e placa OHC-4124, além de sua carteira com documentos e R$ 300,00 em dinheiro.

Depois que os bandidos fugiram tomando destino ignorado, a vítima diz que procurou ajuda na delegacia e no destacamento da Polícia Milita de Manari – PE, mas ambas as autoridades policiais haviam se negado a atender a ocorrência, já que o fato tinha acontecido em território alagoano. Revoltado com a recusa, o dono da moto decidiu juntar uns amigos e saiu a procura de seu veículo.

Policiais do Grupamento de Polícia Militar (GPM) de Inhapi foram comunicados que a moto roubada estava no município e saíram em diligência para apurar a denúncia. Depois de vários levantamentos, cerca de meia hora depois da delação, os militares conseguiram localizar a moto preta, com placa de Mogi Mirim – SP, que tinha sido utilizada no assalto. O veículo estava em frente da casa de Diogo que negou ser proprietário da mesma.

Segundo o Sargento Henrique, comandante do GPM, ele e sua guarnição formada pelos cabos Silva, Sebastião e Ramilson foram até a zona rural do município, onde a moto foi recuperada e o segundo suspeito foi detido. Ainda de acordo com o militar, no momento da prisão José Carlos estava tentando vender o produto de roubo. A arma de fogo que teria sido utilizada no crime não foi encontrada com nenhum dos acusados.

Os presos foram levados para a Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), em Delmiro Gouveia, onde foram reconhecidos pela vítima que aponta Diogo como sendo o condutor da moto utilizada no assalto, que estava usando capacete, mas foi reconhecido devido a uma falha nos dentes e a coloração de seus olhos. José Carlos não cobria o rosto e seria o que estava armado e anunciou o assalto.

Uma segunda vítima contou que foi atacada pela mesma dupla, mas como sua motocicleta é antiga e estava em más condições, teria sido liberado pelos bandidos que antes rasgaram o documento de recibo do veículo.

Na cadeia, os policiais verificaram que a moto recuperada estava sem placa e com o chassi raspado. Além disso, o acusado Diogo Souza portava um documento de recibo falsificado onde com nome também falso tentava provar que tinha comprado o veículo pelo valor de R$ 1 mil reais em leilão.

Também foi apurado pela polícia que a dupla tinha roubado uma motocicleta Honda Fan, de cor preta, no município de Piranhas e que tinha vendido a mesma no município de Inhapi. O nome do receptador não foi divulgado. Os acusados foram autuados em flagrante delito pelo crime de roubo e estão encarcerados a disposição da Justiça.
Share on Google Plus

About Inhapi Informes

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Inhapi Informes ou de seus colaboradores.