Senador Renan aplaude redução de desigualdade social no Brasil

Em discurso em Plenário pela liderança do PMDB, o senador Renan Calheiros (AL) manifestou satisfação com o estudo recente da Fundação Getúlio Vargas (FGV) sobre a redução de desigualdades sociais nos Brics – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Segundo o levantamento, as desigualdades vêm caindo mais rapidamente no Brasil que em outros países emergentes, o que o senador atribui ao acerto das políticas do governo federal desde o primeiro mandato do presidente Lula:

- A renda familiar tem crescido, em média, 1,8 ponto percentual acima do crescimento do produto interno bruto [PIB]. Isso ocorreu todos os anos entre 2003 e 2010. Na China, por exemplo, a relação é inversa: a renda familiar vem crescendo 2% abaixo do PIB do período. Ou seja, os superlativos crescimentos da China não estão sendo democratizados como no Brasil.

Renan Calheiros também mencionou pesquisa do instituto Gallup que aferiu o grau de otimismo da população de 146 países A pesquisa aponta que, em relação a uma perspectiva para os próximos cinco anos, o Brasil é “recordista em otimismo”, com avaliação de 8,7 numa escala até 10.

- Esta manifestação de otimismo está intrinsecamente associada à confiança que os brasileiros depositam em seus governantes e na atual política econômica – comentou, elogiando as políticas de austeridade, crescimento sustentável e redução das injustiças.

Em aparte ao pronunciamento de Renan Calheiros, o senador José Pimentel (PT-CE) manifestou sua esperança na erradicação da miséria no Brasil até 2015, assinalando a importância da base parlamentar no apoio às medidas do governo.
Share on Google Plus

About Inhapi Informes

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Inhapi Informes ou de seus colaboradores.