Chuva enche cisternas e leva fartura aos agricultores do sertão de Alagoas

Os agricultores do sertão de Alagoas estão contentes com o clima. As chuvas têm levado fartura para o campo.

O verde domina a paisagem na região que durante a maior parte do ano sofre com a estiagem. Em São José da Tapera, criador Ramon Barbosa tangia o gado para a área de pasto que está bem verdinho. A lavoura de milho da propriedade está no ponto de colheita.

Nesse período, rios, que secam durante o verão, transformam-se em fonte de água e de alimento para os animais.

A mesma chuva que deixa rios, açudes e barreiros cheios, beneficiando a pecuária e a agricultura, também chega à casa dos sertanejos.

A cisterna da propriedade agricultora Diva Maria dos Santos está cheia. A água que serve para beber também é utilizada na irrigação dos pés de fruta cultivados a redor do reservatório e no preparo da comida. "Agora, tem chovido bastante. Ela vive cheinha, graças a Deus", comemora.

O Nordeste é a região mais beneficiada pelo clima nesta safra. A produção de grãos deverá ser 33% maior do que a do ano passado.
Share on Google Plus

About Inhapi Informes

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Inhapi Informes ou de seus colaboradores.