Médico confirma: Palmeiras terá cinco desfalques contra o Botafogo

[caption id="" align="alignleft" width="300" caption="Cicinho não encara o Botafogo (Foto: Agência Lance)"]Cicinho não encara o Botafogo (Foto: Agência Lance)[/caption]

- Todos estão fora. Estão evoluindo bem, mas ainda não estarão à disposição para este jogo - disse o médico.

Valdivia e Cicinho se recuperam de lesões na coxa esquerda, ambas sofridas no clássico contra o Corinthians, há duas semanas. O lateral direito apresenta melhor evolução e sua presença contra o Botafogo chegou a ser cogitada. Já o meia segue em tratamento em meio a uma semana turbulenta - o clube, liderado pelo presidente Arnaldo Tirone, questiona o custo-benefício do camisa 10. A previsão é que os dois estejam liberados para o jogo contra o Cruzeiro, em Sete Lagoas, no próximo dia 29.

Lincoln está recuperado de dores musculares e já faz musculação. Mas as condições físicas do meia ainda não permitem que ele jogue neste domingo. O lateral esquerdo Rivaldo, que saiu carregado no treino da última quinta-feira, tem uma lesão no pé direito e também pode estar disponível para o segundo jogo.

O caso mais grave é o de Wellington Paulista. Com uma luxação no ombro direito, o camisa 9 pode se recuperar rapidamente, mas precisa de cuidados extras por ter uma lesão em local delicado. Contra o Cruzeiro ele já não pode jogar, pois ele é emprestado pelo clube mineiro, e uma cláusula no contrato impede que ele atue contra o clube que é dono de seus direitos econômicos. A intenção é deixar o atacante pronto para voltar na terceira rodada, em 4 de junho, quando o Palmeiras enfrenta o Atlético-PR no Pacaembu.

Com tantos problemas, Felipão precisará quebrar a cabeça para escalar o time. Se seguir a tendência dos últimos jogos, uma provável formação seria: Marcos, João Vitor, Danilo, Thiago Heleno e Gabriel Silva; Chico (Tinga), Márcio Araújo, Marcos Assunção e Patrik; Luan (Adriano) e Kleber.
Share on Google Plus

About Inhapi Informes

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Inhapi Informes ou de seus colaboradores.